Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

5 razões para incentivar as brincadeiras de criança

A Barata Diz Q Tem

O desenvolvimento infantil está fortemente ligado com o simples ato de brincar. As brincadeiras permitem que as crianças pratiquem habilidades emocionais, intelectuais, motoras e sociais todas as vezes que estão se divertindo. Elas incentivam a imaginação e a fantasia, além de explorar sentimentos, reações e experiências, fazendo com que as crianças se desenvolvam fisicamente como um todo, ganhando coordenação, força e agilidade.

É através das brincadeiras que os pequenos experimentam o mundo, conhecem noções de espaço, convivem e compartilham, ganham autonomia e reconhecem as emoções. Não faltam motivos para os pais compreenderem que a brincadeira é muito mais do que apenas entretenimento! Por isso, no post de hoje vamos listar algumas razões para os pais incentivarem as brincadeiras entre os filhos, proporcionando momentos de desenvolvimento sem aquela exigência constante de organização, limpeza e responsabilidade. Deixe os pequenos se divertirem bastante!

Favorecem o desenvolvimento integral

Brincando, as crianças aprendem a respeitar regras, a ter disciplina, a ganhar, a perder e a participar. Também testam habilidades físicas e motoras, como correr, andar de bicicleta, pular e jogar bola. Passam a imaginar e a fantasiar. Nesta fase, as histórias são essenciais para encher o mundo de personagens, princesas e heróis.

As crianças aprendem a reconhecer os sons, as texturas e os cheiros. E, nesse sentido, o contato com a natureza é fundamental. Para isso, vale aproveitar as praças, parques, praias e ambientes abertos, além das visitas aos zoológicos e aos aquários.

Promovem a socialização

Atividades em grupo favorecem o desenvolvimento de comportamentos colaborativos e fomentam a colaboração e a solidariedade. As crianças praticam a convivência e passam a compartilhar, a reconhecer e a respeitar as diferenças, a melhorar sua capacidade de comunicação e argumentação, a observar e comparar e também a compreender o seu espaço.

Permitem à descoberta de limites

Com as brincadeiras as crianças conhecem os seus limites, experimentam, superam obstáculos, fazem descobertas, exploram a curiosidade, caem, se machucam e começam a entender os efeitos de suas ações.

Elas começam a compreender que nem tudo é permitido e passam a entender melhor as regras e a autoridade dos pais e professores.

Formam cidadãos para o mundo

As noções aprendidas e desenvolvidas na infância, como a importância do trabalho em equipe, do companheirismo, da amizade, do respeito e da cooperação, os transformam em adultos mais sociáveis, equilibrados e competentes, minimizando comportamentos egoístas, autoritários e intolerantes.

É um direito previsto nas leis brasileiras e mundiais

No Brasil, o Estatuto da Criança e do Adolescente estabelece que a brincadeira e a diversão são direitos dos pequenos. A Convenção sobre os Direitos da Criança, da Unicef, em seu Artigo 31, reconhece o direito da criança ao repouso, ao tempo livre e à participação em jogos e atividades recreativas próprias da sua idade.

Com essas considerações, fica mais fácil compreender a relevância das brincadeiras de criança e o papel primordial que pais e professores têm neste processo de aprendizagem e desenvolvimento.

Adotar mecanismos para que os pequenos tenham acesso a novas experiências, brinquedos educativos e pedagógicos, contação de histórias e passeios é essencial para que as crianças cresçam felizes, criativas, saudáveis e integradas ao mundo!

E você, qual tipo de atividade gosta de brincar com o seu filho? Comente a sua opinião sobre o assunto e continue acompanhando as dicas do blog!

Assinatura Equipe

E-book brincar aprendendo

CLIQUE NA IMAGEM PARA FAZER O DOWNLOAD

Esse conteúdo foi útil?
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Comentários

  1. Marina disse:

    É por aí mesmo! Dê uma olhada na minha página e comente: http://brincareserfeliz.com.br/

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado.