Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Como educar seu filho para lidar com as frustrações?

A Barata Diz Q Tem

No retorno do passeio, pelo retrovisor, vejo dois rostinhos emburrados. Eles acham que: “se ainda está claro, está cedo para ir embora”. Poucos dias depois, na saída da escola, era possível ver dois rostinhos chorosos: a nota dela em matemática não havia sido 10 e ele não havia ganhado o jogo durante a educação física.

Para nós, pais e mães, esses são momentos em que os nossos corações ficam divididos, entre: ceder e consolar ou mostrar que lidar com as frustrações é preciso. Sim, é preciso que achemos um ponto de equilíbrio. Mas como?

Se esse é o seu caso, no artigo de hoje, traremos uma série de dicas sobre como educar seu filho, para que ele aprenda a lidar com as frustrações do dia a dia.

Desde o nascimento seu filho já lida com as frustrações

A primeira coisa que devemos ter em mente é que, por mais angustiante que seja (e é!), desde o nascimento as crianças já lidam com o sentimento de frustração. O primeiro ato da vida delas é deixar um ambiente seguro e aconchegante, no qual elas foram mantidas, confortavelmente, por nove meses. Não adianta pensarmos que é possível preservarmos nossos filhos de sentimentos incômodos, porque não é! O que podemos fazer é ajudá-los a lidar com essa situação.

Superar as frustrações estimula a criatividade

Lembra-se de quando seu filho não tinha alguns pedidos atendidos e se jogava no chão do supermercado, fazendo aquele escândalo? Você percebeu que com o passar do tempo ele parou com essas explosões e passou a se mostrar extremamente atencioso ou manhoso quando quer ganhar algo? Pelo menos aqui em casa foi assim!

Esse é um bom exemplo de como a criança busca maneiras de lidar com suas frustrações. Ela começa a (nos) testar formas para reverter seu desconforto. Ao perceber que alguma dessas formas não está mais funcionando, ela cria outras maneiras para sair daquela situação. E, assim, a habilidade de criatividade da criança vai sendo estimulada.

Como educar seu filho para lidar com as frustrações do dia a dia

Agora você deve estar se perguntando como colocar em prática esse processo. Certo? Separei algumas dicas práticas que aprendi durante a criação dos meus filhos e agora irei compartilhá-las com você, confira:

  • Diferencie as demandas do seu filho: em caso de notas ruins, por exemplo, verifique o que ocorreu. Se for pouco estudo, aproveite o momento para estimulá-lo a estudar mais. Agora, se ele estudou e mesmo assim não foi bem, ensine que nem todos têm aptidão para todas as disciplinas, mas que, com esforço, ele poderá alcançar bons resultados;
  • Não deixe seu filho ganhar ou mude as regras do jogo, quando brincar com ele: jogue de verdade! Proporcione um momento em que ele realmente tenha que se esforçar para encontrar uma forma de ganhar;
  • Mostre que a frustração é temporária: é importante que seu filho tenha espaço para sentir suas emoções, pois o sentimento dele é real, mesmo que para você aparente ser (e seja) desproporcional. Entretanto, é fundamental que ele aprenda a seguir em frente, a tentar de novo, a esquecer, enfim, a superar qualquer tipo de situação;
  • Esteja disponível: é extremamente importante que ele entenda que não está sozinho. Ensinar a superar, não é ignorar a tristeza ou desconforto que a criança está sentido. Pelo contrário, é mostrar-se disponível para escutá-la e, a partir, daí ensiná-la.

Momentos de frustração têm um papel importante na vida das crianças. Eles estimulam um desenvolvimento emocional sadio, para que elas se tornem adultos confiantes e de sucesso na vida pessoal e profissional.

Gostou desse texto e quer saber mais dicas de como educar seu filho? Clique aqui e confira 5 dicas para criar seu filho como um bom cidadão

Assinatura Equipe

template_banner_final_post_como_transmitir

Esse conteúdo foi útil?
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado.