Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Como Ensinar meus Filhos o Valor do Dinheiro

A Barata Diz Q Tem

Como você tem ensinado os seus filhos sobre o valor do dinheiro no dia a dia? Este é um assunto muito importante e que precisa ser discutido abertamente desde quando a criança começa a entender sobre o que pode conseguir através do dinheiro.

No post de hoje vamos dar dicas de como você precisa educar os seus filhos, ensinando-os a terem consciência do valor de se conquistar as coisas. Confira.

Ensine o valor e a necessidade de adquirir coisas

Os seus filhos serão diariamente provocados tanto pela convivência com outras crianças, que ganham alguma coisa que eles não possuem, quanto pelo bombardeio das propagandas que tentam criar neles desejos consumistas. O que fazer diante desse apelo?

Uma maneira de frear o consumismo é perguntar para eles sobre os benefícios proporcionados por um brinquedo que eles possuem depois de algum tempo de uso. Ele ainda é divertido? Quantas vezes você brinca com ele por semana?

Essas perguntas vão induzi-lo a pensar sobre qual é realmente a necessidade de se ter determinada coisa, demonstrando que possui muitas outras alternativas que podem suprir a necessidade de tal objeto. Além disso, nesse momento você precisa conversar sobre o ato de pagar. Isso envolve explicações sobre trabalho, salário e o preço das mercadorias. Nessa conversa, os filhos precisam entender que não é possível adquirir tudo aquilo que eles querem, pois é preciso ter o “sacrifício” de trabalhar para comprar.

Eduque sobre ter controle

Há pais que preferem dar uma mesada ou uma semanada para os filhos aprenderem a lidar com o dinheiro desde cedo. A adoção dessa estratégia pode ajudar a criar na criança paciência, autocontrole e um sentimento de gratificação.

A finalidade da mesada deve ser discutida abertamente. O filho pode torrar o dinheiro como ele quiser? Os pais vão impor alguma restrição, como por exemplo, na quantidade de doces e afins que podem ser comprados? Depois de tudo combinado, ensine sobre como é importante ter controle para ter dinheiro até o último dia do mês, ou como é preciso dedicar um tempo para comprar determinado objeto que tem um valor mais alto.

Se ainda assim a criança gastar tudo de uma vez e vier toda manhosa querendo um “trocado” para comprar um picolé, por exemplo, saiba dizer não ou desconte esse valor na próxima mesada. Ela precisa entender o valor do dinheiro que possui.

Ensine a criança a economizar dinheiro

Ensine a criança a economizar parte da mesada (ou dinheiro que ganha) para eventualidades ou para realizar a compra de algo de valor. Esta poupança pode ser estimulada pela compra de um porquinho de louça ou pela abertura de uma caderneta de poupança.

Se o ato de guardar o dinheiro for considerado vago pela criança, ele pode ser associado a realização de um objetivo específico, como por exemplo, a compra de um skate. Converse com ela para a realização dessa meta. Quanto custa um skate? Qual é o modelo que mais atende as suas necessidades? Quanto vai poupar por mês?

Essas perguntas vão iniciar uma conversa que vai lhe dar uma boa oportunidade para criar um hábito de poupador no seu filho. Há estudos que mostram que essa prática desenvolvida na infância ajuda a criança a ser um adulto que terá mais facilidade em realizar ações, como criar uma aposentadoria privada, e a ter mais autocontrole.

E você, como educa os seus filhos sobre dinheiro?

Assinatura Equipe

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes
Esse conteúdo foi útil?
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado.