Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Como equilibrar o uso dos eletrônicos e oferecer bons jogos às crianças

A Barata Diz Q Tem

Acredito que o principal desafio da educação deste século seja conciliar o uso de eletrônicos com o que podemos oferecer de palpável para nossos filhos. São milhares de aplicativos e jogos que podem ser instalados em celulares e tablets para ajudar nos estímulos e na aprendizagem. Mas, o que fazer para conseguir oferecer para nossos filhos mais do que uma vida virtual? Como saber diferenciar os tipos de jogos?

Os jogos pedagógicos são aqueles que as crianças precisam de um acompanhamento, um direcionamento. Por isso, são muito utilizados nas escolas. Os jogos educativos são para que as crianças brinquem e desvendem suas estratégias sozinhas. Tanto no meio virtual, quanto real existe uma oferta muito grande de todo tipo de jogos.

Toda atividade lúdica é proposta para agradar, entreter, prender a atenção e ensinar com mais eficiência. Afinal, essas atividades estimulam diversos sentidos ao mesmo tempo e não se tornam cansativas quando aplicadas para a faixa etária correta. Um jogo tem uma variável de informações significativamente maior, por isso a criança se sente envolvida e acaba aprendendo mais.

Segundo a psicóloga e psicopedagoga, Fátima Hemétrio, a grande diferença entre os jogos virtuais e os reais é a questão da socialização. “Os jogos pedagógicos ou educativos permitem que a criança vá além de suas regras e do que é oferecido, exigem diferentes habilidades e transitam entre diferentes estímulos. Já os jogos virtuais, por mais que eles trabalhem o raciocínio e outras habilidades da criança, estão limitados à tela e àquela programação para o qual foi proposto”, afirma Fátima.

jogos educativos

O equilíbrio

Fátima fala que as crianças de hoje já nascem digitais, por isso é preciso usar essas ferramentas, seja o tablet, o celular ou o computador, de forma controlada, respeitando a idade, o tempo e evitando que os pequenos se tornem dependentes desses meios. “Os jogos digitais são tão importantes hoje que ajudam a incentivar e desenvolver habilidades que poderão ser usados nos jogos reais, como a coordenação motora, destreza, rapidez, concentração e atenção”, diz a psicóloga.

Existem uma infinidade de tipos de jogos que podemos oferecer aos nossos filhos. Sejam de estratégia, interativos, de aventura, desafios, de treino, de simulação, adivinhar ou passa tempo. O equilíbrio entre oferecer o jogo em uma plataforma eletrônica e o jogo que a criança poderá manusear está justamente em estabelecer regras e tempo para cada coisa.

A socialização por meio de jogos é um dos melhores meios de conduzirmos as crianças à atividade, auto expressão e ao conhecimento. O jogo traz consigo o lúdico e o desafio, assim a aprendizagem vai para além daquele momento em que é executado. Todo jogo é bom para o desenvolvimento infantil.

O uso de ferramentas digitais propicia flexibilidade e criatividade, fazendo que com a criança explore, pesquise e seja encorajada a ampliar seu universo. Os jogos pedagógicos ou educativos vão mais além, por isso não devem ser deixados de lado. Aproveite os dois meios para estimular seu filho e ter bons momentos de aprendizagem com ele.

Leia também:

Esse conteúdo foi útil?
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado.