Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Vamos pintar o sete: 6 dicas sobre como estimular a criatividade das crianças!

A Barata Diz Q Tem

Uma das minhas preocupações constantes é: como estimular a criatividade dos meus filhos? Não que eu ache que eles tenham qualquer dificuldade, mas em nossa sociedade, na qual brincar na rua ou ter contato com a natureza é algo raro, eles acabam ficando enclausurados na frente do computador. Essa, sim, se tornou uma preocupação para mim.

Após um episódio de criatividade extrema, no qual meu filho mais novo desenhou em uma das paredes da nossa casa, acabei aprendendo que esses estímulos podem ocorrer de forma simples, nas atividades diárias.

Quer saber quais lições aprendi com essa situação e como estimular a criatividade das crianças? Então, continue a leitura.

1 – Não deixe de estimular seu filho

Como eu disse, um dos meus filhos resolveu desenhar em uma das paredes da nossa casa. Quando vi, minha primeira reação foi repreendê-lo. Embora seja uma reação normal, percebi que ele estava, aos poucos, parando com seus desenhos e pinturas.

Então, resolvemos criar dois cantinhos para isso, um na sala e outro no quarto dele. Nesses espaços, ele tinha acesso facilitado a muitas folhas brancas, tintas (a base de água), lápis de colorir, canetinhas e giz de cera.

2 – Incentive que a criança pense por si só

Mas esse cantinho não foi só ideia minha. Um dia, preocupada com fato de ele estar parando com seus desenhos, comecei uma despretensiosa conversa sobre como ele tinha talento para desenhar e pintar. Perguntei o que ele achava de ter um lugar no quarto para isso. Ele concordou, mas disse que a sala era mais divertida. E, assim, passamos o restante da tarde de sábado trabalhando nessa ideia.

3 – Disponibilize recursos necessários para a expressão criativa

Não era um bom momento para que eu fizesse grandes investimentos financeiros. Então, o estimulo para usar a criatividade já começou antes mesmo das atividades desenho e pintura. Ajudei-o a procurar sites que dispunham de desenhos para pintar e colorir. Imprimimos e colocamos em seus cantinhos e enfeitamos a parede do quarto com suas obras de artes. Procurei também por livros de colorir e outros materiais que contribuíssem para essas atividades.

4 – Encoraje os seus gostos e aproxime a arte da criança

Para não forçar muito, deixei passar umas duas semanas e perguntei se ele queria ir a uma galeria de artes. Encontrei uma que estiva com a exposição voltada para o público infantil. Não forcei explicações sobre arte, mas tentei fazer com ele se sentisse bem naquele ambiente, acompanhei-o nas obras interativas e estimulei para que participasse de duas oficinas.

5 – Não force o pequeno a nada

Você deve estar pensando que eu estava pressionando demais meu filho, não é mesmo? Já esclareço que na verdade, não estava. Em momento algum eu quis agir como se estivesse criando um Picasso — e não o fiz. Tudo foi feito por meio de conversas, nas quais ambos falavam e se ouviam. Muitas dessas decisões foram tomadas por ele e eu apenas o apoiei.

6 – Não dê tanto valor aos resultados, valorize o processo

Nossa dinâmica continuou assim por algum tempo e foi super divertido. No final do ano, a escola fez um concurso de desenhos e meu filho quis participar. Eu dei todo o apoio possível. Ele me contou como o concurso funcionava com bastante animação — e embora eu já tivesse lido o comunicado da escola, prestei atenção à explicação e aproveitei para perguntar qual era a ideia dele.

Ele me contou que pretendia desenhar seu super-herói favorito. Apoiei a ideia e começamos procurar modelos na internet, vimos se tinha as cores necessárias e durante uma semana nos divertimos muito na elaboração desse projeto. Ele não ganhou, mas o melhor de tudo foi que ele não ficou triste, pois, em suas palavras, essa tinha sido a semana mais divertida de toda a sua (longa) vida (de oito anos de idade) na escola.

Viu como é fácil estimular a criatividade das crianças? Quer saber mais sobre como criar crianças criativas? Assine nossa newsletter!

estimular a criatividade das crianças

Esse conteúdo foi útil?
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado.