Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Confira a importância dos pais no relacionamento entre professor e aluno

A Barata Diz Q Tem

Em um mundo cada vez mais conectado, cheio de aplicativos e redes sociais, estabelecer e manter relacionamentos interpessoais continua sendo algo essencial. A sociedade depende das relações em grupo para produzir, aprender e evoluir. Porém, atualmente, é fácil perceber a deterioração destes relacionamentos, em função, principalmente, de comportamentos egoístas, egocêntricos, intolerantes e radicais.

Com as crianças inseridas neste cenário, a educação das novas gerações tornou-se um desafio, exigindo ainda mais atenção e dedicação por parte dos pais e dos professores, que precisam educá-las para que sejam colaboradores, para que saibam compartilhar, dividir, auxiliar e trabalhar em equipe.

Entenda no post de hoje como nós adultos precisamos estimular o espírito de coletividade nas crianças, respeitando as suas diferenças e valorizando as suas habilidades individuais para formarmos cidadãos mais tolerantes e solidários.

O papel dos pais na educação dos seus filhos e na valorização dos professores

Não há dúvidas de que os pais são as figuras mais importantes na educação das crianças, pois os seus exemplos se refletem no comportamento e nas atitudes dos pequenos. Por isso, cabe aos responsáveis pelas crianças cuidar para que valores e princípios fundamentais à vida em sociedade sejam aprendidos desde cedo. Ética, honestidade, cidadania, respeito aos mais velhos, obediências às regras são algumas lições que devem ser ensinadas pelos pais.

E, neste contexto, o relacionamento entre professores e alunos pode ser bastante influenciado pelos pais. Sabemos que os educadores também são peças importantes no desenvolvimento das crianças e dos jovens e é exatamente por isso que devem ser respeitados e valorizados desde sempre. Pais e professores precisam trabalhar juntos para que possam desenvolver o potencial emocional, intelectual, criativo e, principalmente, social das crianças.

Então, cabe aos pais a tarefa de educar os seus filhos para que sejam capazes de tratar os professores com gentileza e consideração, uma vez que esses profissionais têm a missão de compartilhar conhecimento, de apoiar o crescimento e, acima de tudo, de prepará-los para a vida adulta. Para isso, é necessário que os pais assumam a responsabilidade de impor limites, de estabelecer regras, de dizer “não”, além de orientar com firmeza, sempre que apresentarem dificuldades no relacionamento.

Conheça algumas dicas de como os pais podem educar seus filhos:

  • Converse e estabeleça regras;
  • Dê o exemplo e obedeça a essas mesmas regras;
  • Delegue responsabilidades sobre as atividades domésticas;
  • Não faça as tarefas de seus filhos e sim ensine-os;
  • Instrua a criança a cuidar daquilo que é dela, como brinquedos e materiais escolares;
  • Ensine-a também a cuidar do que é de todos, incentivando o senso de coletividade;
  • Estimule os pequenos a compartilhar;
  • Reforce a importância do respeito aos mais velhos.

O relacionamento entre professor e aluno deve ser pautado pelo respeito e reconhecimento

Considerando a realidade atual, é fácil concluir que, em muitos casos, há um desgaste no relacionamento entre professor e aluno. Diversos fatores influenciam essa condição, tanto por parte dos professores, quanto por parte dos alunos.

De qualquer forma, cabe a sociedade trabalhar para que esse relacionamento seja sempre saudável, produtivo e positivo, pois o educador tem e sempre terá grande importância na transformação das crianças e dos jovens em cidadãos mais conscientes, colaborativos e preparados para novas relações.

O tempo que os alunos passam em sala de aula, deve ser um período de construção. Construção de conhecimento, de habilidades, de competências, de experiências, de possibilidades, mas acima de tudo, de construção de pessoas.

Mas como melhorar o relacionamento entre professores e alunos, na prática? Veja algumas dicas:

Educação e diálogo: o diálogo faz parte do processo de aprendizado e permite também a construção de relações de confiança. Por isso os professores devem estar sempre dispostos a ouvir ativamente, a conhecer os sentimentos e os problemas de seus alunos, a incentivar a participação e a troca de ideias.

Criar segurança: professores devem agir como líderes. Estimular o potencial dos alunos, observar, orientar, acompanhar e motivar são atitudes capazes de melhorar qualquer relacionamento. É importante que os alunos se sintam seguros, acolhidos e em um ambiente amistoso e saudável.

Saia da rotina e aposte em atividades variadas: elaborar atividades variadas favorece a criatividade, estimula novos interesses, reforça conhecimentos e explora novas dimensões do ensino. Cabe ao professor aplicar trabalhos interessantes e adequados, que desafiem a capacidade do aluno. É possível, inclusive, inserir o desenvolvimento de outras habilidades, através da prática de esportes, música e teatro.

Trabalhar em grupo: o trabalho em grupo é sempre bem-vindo, principalmente quando o professor participa e não apenas propõe e assiste. Essa integração quebra barreiras e favorece o respeito, a conversa, o esclarecimento de dúvidas e a troca de experiências.

Uso de tecnologia: a tecnologia é uma realidade absoluta para as crianças e jovens de hoje, por isso é preciso trazer esses recursos em sala de aula. Há também muito conteúdo interessante na internet, que pode ser usado para elaboração de competições e gincanas para promover a participação de todos.

O convívio em sociedade deve ser entendido como um conjunto de direitos e deveres

Para que as relações no âmbito educacional sejam harmoniosas e saudáveis, a valorização dos profissionais de ensino deve acontecer desde cedo. Como cidadãos, todos nós temos direitos e deveres e cabe a cada um, principalmente aos pais que estão criando os seus filhos, a praticar os seus deveres ao invés de somente exigi-los.

A atitude positiva de pais, educadores e alunos é capaz de gerar engajamento para que os conhecimentos sejam melhor partilhados e assimilados. O diálogo, a compreensão e o equilíbrio podem vencer sim as diferenças, os problemas e a intolerância. Precisamos fazer a nossa parte para criarmos um mundo mais justo e igualitário.

E você, papai ou mamãe, o que tem feito para que os seus filhos compreendam a importância dos professores na educação dos seus pequenos? Compartilhe com a gente a sua opinião sobre assunto, queremos saber o que você pensa também!

Assinatura Equipe

Esse conteúdo foi útil?
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado.