Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Saiba como estimular a criança a partir dos 5 anos

A Barata Diz Q Tem

Eles crescem, começam a ter consciência de seu lugar no mundo, mostram a que vieram, deixam claro suas vontades e sua personalidade. Quando a criança completa 5 anos, ela entra numa nova fase de desenvolvimento e estimular essa é essencial. Sua coordenação motora fina já está bem apurada. Sua percepção visual, gustativa, tátil, auditiva e olfativa já tem um repertório muito rico. Ela já se desvencilhou da mãe, já sabe que é um ser humano único e cheio de escolhas próprias.

Nesse momento, você começa a perceber que o interesse por brinquedos e brincadeiras muda de perfil completamente. A criança quer explorar mais, quer novos desafios, quer absorver mais conhecimento. Como ainda não tem noção de perigo, ela se aventura e precisa ser alertada sobre os cuidados necessários para algumas atividades, como usar a tesoura, por exemplo.

Vamos brincar

Três brincadeiras que podem ajudar a aprimorar as novas habilidades do seu pequeno é a queimada, o chute a gol e o equilibrista. Nessa fase, eles já tem noção de direita e esquerda e brincar com atividades que trabalhem a lateralidade vai ajuda-los a fixar melhor. Além disso, eles já estão com as mãozinhas e as pernas bem ágeis e podem pular, agarrar e se equilibrar com êxito.

As crianças estão cheias de energia e brincar ao ar livre é a melhor pedida. Vá para a pracinha, parques ou espaços abertos. Reserve um tempo para um passeio de bicicleta. É uma boa fase para tirar as rodinhas e começar a ganhar mais confiança nos pedais. Isso vai trabalhar o equilíbrio, o senso de direção e a força.

Lembre-se que é importante oferecer às crianças brinquedos que exercitem a sua motricidade fina e os que trabalham a socialização. Kits de montagem, blocos menores, jogos e desafios são excelentes opções. Sem contar a presença permanente do faz de conta nas brincadeiras. A partir dos cinco anos, a criança já consegue diferenciar o real do imaginário e vai se divertir fazendo um link entre eles. Elas passam a deixar de imitar os adultos em suas brincadeiras para projetarem o que desejam para si mesmas quando forem maiores.

Essa fase também é marcada pela alfabetização. Elas querem ler, contar e entender tudo que está por trás das brincadeiras. Dessa forma, você pode oferecer mais conteúdo através dos brinquedos educativos, pedagógicos e dos livros. Levar a criança para passear em museus, bibliotecas e outros espaços que proporcionem conhecimento lúdico é uma ideia que vai agrada-la.

Segurança

Seja qual for a brincadeira ou o brinquedo, é importante ficar ligado na segurança. A indicação da idade que vem na embalagem precisa ser respeitada, ela serve como uma forma de padronizar. Como sabemos que desenvolvimento é algo bem subjetivo, vale acompanhar e ver se a criança realmente está apta a manusear o brinquedo ou se está curtindo e absorvendo tudo que aquela brincadeira lhe proporciona.

5.00 avg. rating (82% score) - 1 vote
Esse conteúdo foi útil?
5.00 avg. rating (82% score) - 1 vote

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado.