Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

6 jogos para crianças de 2 anos nos quais você pode começar a investir

A Barata Diz Q Tem

Às vezes chega até a ser assustador a velocidade com que nossos bebezinhos crescem, não é mesmo? Temos a impressão de que ontem ainda, eles estavam apenas seguros em nossos colos, só interagiam por meio do choro e de expressões faciais, e acordamos hoje, 2 anos depois, com eles balbuciando as primeiras palavras e dando os primeiros passos rumo à independência. Incrível e emocionante ao mesmo tempo!

Nessa fase dos dois anos, a criança já tem boas noções de comunicação e movimento, desenvolve melhor a coordenação motora e passa a ficar mais sociável. Por isso, nessa idade já podem ser apresentadas a brincadeiras mais elaboradas e educativas, que divirtam e, ao mesmo tempo, estimulem o desenvolvimento. Já escrevemos aqui sobre a importância de brincar com os pequenos e em como isso é proveitoso tanto para ele, quanto para você! Por isso, mãos à obra!

E para você, que tem dúvidas sobre quais jogos para crianças de 2 anos são os mais adequados, separei essa lista com dicas especialmente para ajudá-la. Confira e aproveite!

1. Piquenique com “amigos”

Essa brincadeira é perfeita para aqueles dias de chuva, que impossibilita sair de casa com o pequeno. Na hora do lanche, estenda uma toalha no chão da sala e encha-a de comidinhas saudáveis e saborosas: sanduíches, palitinhos de cenoura, ovo cozido, frutas, iogurte, e o que mais ele estiver acostumado a comer nessa refeição.

Diga ao seu filho para convidarem os bonecos e bichinhos de pelúcia dele para participarem do piquenique, distribuindo-os ao redor da toalha. Nessa fase, por estarem mais atentos ao que ocorre ao redor, eles tornam-se mais sociáveis e propensos a interagir com outras crianças. Utilizar os bichinhos como “amigos” é uma boa maneira de estimular isso, além de introduzir o conceito de divisão, afinal, em um piquenique tem que haver lanche para todos, certo? Você pode estimular ainda mais a imaginação dele, incentivando-o a imaginar-se em um bosque ou praia, descrevendo como é a paisagem ao redor.

2. Desenho

A fase dos dois anos de idade é excelente para iniciar as brincadeiras de desenho. Deixe giz de cera – eles têm mais facilidade de segurar, por serem mais grossos – de diversas cores à disposição do seu filho e estimule-o a soltar a imaginação.

Esse tipo de brincadeira é muito importante no desenvolvimento das crianças, pois estimula a coordenação motora que será exigida quando ele começar o aprendizado da escrita, além de trabalhar a noção de cores e formas. Sente-se para desenhar com ele, pergunte o que ele está desenhando, dê nome às cores e ao que você está rabiscando no papel. Aproveite este momento para se relacionar e incentivar o seu pimpolho!

Aqui em casa, quando quero incrementar ainda mais a brincadeira, compro cartolina ou papel kraft – aquele de cor parda, vendido nas papelarias – e o fixo na parede. Assim, meu filho pode desenhar em pé, o que acaba estimulando ainda mais a coordenação dele.

3. Quebra-cabeças

Acredite, seu filho já está grandinho o suficiente para montar quebra-cabeças! Os fabricados especificamente para essa fase geralmente possuem de 4 a 6 peças grandes, com desenhos lúdicos e bem coloridos. Adquira um de algum personagem que seu ele adora e o estimule a montar e desmontar diversas vezes! Brincar com quebra-cabeças desenvolve a coordenação motora, além de trabalhar as habilidades visuais e lógicas. Quer saber mais sobre esse assunto? Clique aqui. 

4. Boliche

O ato de lançar uma bolinha em direção a objetos com o objetivo de derrubá-los pode ser incrivelmente desafiador para seu filho. Você pode improvisar os pinos do boliche com garrafas plásticas vazias e bolas de papel amassado ou adquirir algum joguinho que seja bem atraente e que tenha o mesmo propósito. Coloque os pinos a um metro de distância da criança e peça que ela lance a bola para derrubar os objetos. Conforme ela for acertando, vá aumentando a distância. Essa brincadeira estimula a coordenação motora, o equilíbrio, a concentração e a paciência.

Ah! E não esqueça de sempre contar em voz alta e com calma as peças que o baby conseguir derrubar. Dessa maneira, as noções de quantidade também já vão sendo estimuladas e trabalhadas.

5. Um pra mim, outro pra você

Eu busco sempre estimular em meu filho a noção de solidariedade, organização e resolução de problemas. Mas na verdade, quem não quer, não é mesmo? Mas para nos ajudar nessa tarefa, existe um jogo simples de jogar, que desenvolve todas essas características e ainda trabalha com o conceito de números. Ele se chama “um pra mim, outro pra você”.

Para jogar, você pode utilizar praticamente qualquer coisa: giz de cera, peças de brinquedos ou pedaços de fruta (que vocês podem comer depois que a brincadeira acabar, inclusive!). Faça uma pilha dos objetos a serem distribuídos e peça para que seu filho os distribua em dois pratos ou caixas, “um pra mim, outro pra você”. Quando ele estiver craque, insira uma pessoa a mais na brincadeira — pode ser até mesmo um bichinho de pelúcia ou boneco. Nessa fase, os pequenos adoram se sentir no controle da situação e essa brincadeira é perfeita nesse sentido!

6. Jogos Educativos

Além do quebra-cabeças, já citado aqui, os pequenos de 2 anos de idade também já possuem capacidade intelectual e cognitiva para jogarem outros tipos de jogos educativos. Existem diversas opções disponíveis no mercado e específicas para essa fase da infância.

Joguinhos que envolvam a noção de associação de figuras e noções de lugar e espaço são ótimos nesse sentindo! Esses brinquedos estimulam a coordenação motora, o raciocínio e a orientação espacial do bebê. Alguns possuem temas específicos como animais, o que também já introduz o conceito de natureza e preservação do meio ambiente. Tudo de maneira bem sutil, é claro.

Os jogos educativos são ótimas opções para entreter seu filho por bastante tempo e fazer com que ele interaja e aprenda com você! Esses momentos são cruciais no aprendizado e desenvolvimento cognitivo dele. Por isso, organize sua agenda para proporcionar esse momento saudável e divertido para ele e para você!

Citei aqui apenas alguns jogos para crianças de 2 anos, mas existem uma infinidade de outros. Eu tento até mesmo inventar alguns para meus filhos! Só é importante ressaltar uma coisa: mesmo já tendo crescido bastante, seu bebê ainda é sim, muito novinho. Por isso, trate de ajustar suas expectativas! Não se irrite, decepcione ou se preocupe caso ele não pareça muito interessado ou tenha dificuldade em compreender os jogos que você sugerir. Adapte a atividade ou deixe para tentar em um outro momento. Não force nada, relaxe e divirta-se com seu filho!

Gostou desse post? Ficou interessado em algum dos jogos citados aqui ou tem alguma dúvida específica sobre jogos para crianças de 2 anos? Entre em contato conosco, teremos imenso prazer em lhe auxiliar e dividir nosso conhecimento sobre isso com você!


4.00 avg. rating (79% score) - 13 votes
Esse conteúdo foi útil?
4.00 avg. rating (79% score) - 13 votes

Comentários

  1. Maria Helena disse:

    Parabéns amei as dicas que quero brincar com minha sobrinha Eduarda 1 ano e 8 meses ! É possível eu receber por e-mail essas dicas e outras mais. Obrigada

  2. Olá, Maria Helena! Que bom que gostou das nossas dicas.
    Para receber os nossos posts novos e outras novidades por e-mail, cadastre-se neste link:
    http://especial.abaratadizqtem.com.br/inscricoes-na-news.
    Agrademos pelo contato!

  3. Cleuza Nicolau de Andrade disse:

    Eu sou professora de Educação Infantil
    gostei muito de suas dicas vou usa-las com minha turma

  4. Najara disse:

    Amei! Sou Fonoaudióloga e adorei suas dicas, super úteis

  5. Eu recomendo este belo site de jogos educativos para os mais pequenos: https://www.jogosgratisparacriancas.com/

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado.