Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Meu filho come mal, o que faço?

A Barata Diz Q Tem

Todo pai enfrenta alguma dificuldade com relação à alimentação de seu filho. Existem crianças que comem demais, outras que não gostam de vegetais, outras que não comem carne e outras que, simplesmente, não comem nada. Se você acredita que seu filho se encaixa no conceito de criança que come mal, você não está sozinho!

Temos algumas dicas para que você possa ajudar seu filho a se alimentar de maneira mais equilibrada sem reclamar. Confira logo abaixo!

Seja o exemplo

Crianças seguem exemplos com muita facilidade e a maior referência que eles podem ter em casa são os próprios pais. Por isto, se esforce para fazer o máximo de refeições possíveis com os seus filhos, preferencialmente mostrando a eles que você sabe comer de tudo. Quando os pais se alimentam mal, é natural que as crianças também queiram seguir estes hábitos.

Use estratégias simples para ir adicionando sabores

Crianças geralmente apresentam dificuldade para começar a comer algum tipo de legume ou vegetal, já que estes alimentos têm textura e sabor pouco atraente para os pequenos.

Entretanto, isto não significa que eles não consigam aprender a apreciar estes produtos. A melhor maneira de começar a adaptar seus filhos ao sabor dos vegetais é acrescentar pequenos pedaços de cenoura ou abobrinha no arroz, preparar o molho do macarrão com pedaços de tomate, cebola e outros alimentos, colocar couve ou espinafre no omelete, ou incrementar a massa da panqueca com algum destes produtos. Esta estratégia também funciona para crianças que não gostam de comer carne.

Faça brincadeiras para chamar a atenção da criança

Os pais podem contar com a ajuda de algumas brincadeiras que ajudam a criança a ingerir corretamente os alimentos na hora das refeições. Algumas delas brincam com a imaginação da criança, como a criação de personagens que vão disputar o alimento que está no prato com ela, ou simples analogias com o peso dos talheres antes e depois da ingestão da comida.

Muitos pais também contam com a ajuda de músicas elaboradas por artistas que tem um trabalho direcionado para crianças e que falam exatamente da hora de se alimentar. Um bom exemplo é o grupo Palavra Cantada.

Não dê prêmios para quem se alimenta bem

Sabe aquela estratégia de oferecer uma ótima sobremesa para seu filho quando ele raspa o prato do almoço e do jantar? Se você quer que seu filho aprenda a comer bem, então esta estratégia deve ser eliminada da sua rotina.

Crianças não podem aprender a comer seguindo uma regra de compensação: elas precisam aprender que comer bem não é motivo de premiação e sim uma situação natural. Quando você premia a criança por terminar o prato ou comer toda a salada, ela vai entender que só precisa se alimentar corretamente quando ela tem algo a ganhar com isto. 

Coloque a mesa em lugares diferentes da casa

Que tal colocar a mesa do almoço no jardim para fazer uma refeição diferente? Ou então dentro da cozinha ou no quarto da criança? Fugir de fazer a refeição tradicional na mesa da sala de jantar pode ser uma ótima alternativa de tirar seu filho da rotina e estimulá-lo a comer mais.

Se seu filho come mal não existe motivo para pânico, já que esta é uma situação natural em qualquer criança que está começando a compreender que ela pode fazer suas próprias escolhas.

As crianças precisam de um pouco de paciência e persistência para aprenderem a comer corretamente e se você ainda vem apresentando dificuldades para estimular um hábito alimentar melhor para seu filho, não deixe de contar com a ajuda de um nutricionista para encontrar a melhor estratégia a fim de garantir uma nutrição correta.

O que você costuma fazer para melhorar a alimentação do seu filho? Quais são suas dificuldades? Compartilhe suas impressões conosco!

ebook-3-2

Faça o Download Aqui

Esse conteúdo foi útil?
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado.