Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Saiba 5 motivos para colocar mais arte na vida dos seus filhos

A Barata Diz Q Tem

Quem pensa que arte é coisa de adulto, está muito enganado! Toda criança é artista e arteira na sua essência. Sendo assim, toda e qualquer manifestação de arte na infância é mais do que bem-vinda, afinal, ela pode ajudar no desenvolvimento dos pequenos.

A música, a dança, a pintura, o desenho e até mesmo a modelagem com massinha possuem um papel fundamental na formação da criança. Cabe aos pais, então, fazer a adequação do tipo de atividade à faixa etária de cada um.

Quer conhecer algumas boas razões para inserir a arte na vida do seu filho? Então continue lendo o nosso artigo e veja 5 motivos para estimular e incentivar o senso artístico das crianças.

A arte estimula os sentidos

As variadas formas de arte possuem uma enorme importância sensorial, pois direta ou indiretamente ajudam a desenvolver os sentidos das crianças. Ao desenhar, modelar ou fazer pinturas com os dedos, os pequenos desenvolvem o tato. A apreciação das obras, por sua vez, promove o desenvolvimento da parte visual. Aprender a tocar um instrumento, cantar ou dançar, aguça a audição.

A arte culinária desenvolve o olfato e o paladar, enfim, a arte é uma experiência multissensorial para as crianças. Confirmando essa ideia,  Marilda de Oliveira, coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Arte, Educação e Cultura da UFMS,  alega que a arte, quando trabalhada da maneira adequada, permite que a criança reaja de forma mais rápida aos apelos sensoriais e cognitivos que o mundo contemporâneo impõe.

Ela contribui na criticidade

A arte cumpre um papel importante na formação de indivíduos críticos, pois ela promove experiências culturais que ajudam a propiciar a reflexão e consolidar a opinião própria. Além disso, a arte contribui efetivamente no desenvolvimento de emoções, sentimentos e valores, tornando a criança mais questionadora e consciente. Ao desenvolver o senso estético, os pequenos criam seus próprios conceitos sobre o que é belo e o que não é. Em outras palavras, apreciar, interpretar e entender a arte por si só são exercícios que requerem intensa reflexão.

Para usar as manifestações artísticas como aliadas no desenvolvimento da criticidade, é indispensável que a arte rompa as quatro paredes da sala de aula. Enquanto na escola, os professores trabalham o seu lado pedagógico, em casa, a família pode incentivar o contato com as expressões de arte visitando museus e estimulando a criatividade por meio de brincadeiras lúdicas.

Fazer arte ajuda a desenvolver a criatividade

Outra função da arte é contribuir na formação de pessoas mais criativas, que são capazes de dar asas à imaginação, pensar fora do lugar comum, criar soluções inusitadas para os problemas e interpretar as situações por perspectivas diferentes. As crianças que têm acesso à arte tendem a ser mais inventivas, extrovertidas e corajosas para sonhar e realizar. Na infância, não existem grandes bloqueios ou paradigmas. Crianças não têm medo de ousar, de perguntar ou de errar. Desse modo, inserir a arte na rotina infantil é potencializar a liberdade criativa da criança, é possibilitar que elas resolvam problemas se divertindo e estimular que elas inventem, testem e experimentem diferentes possibilidades. Não é maravilhoso?

Os pequenos artistas aprendem muito mais

A arte faz com que as crianças desenvolvam múltiplas habilidades e obtenham conhecimentos em diferentes áreas. Desenhar, por exemplo, pode ajudar a criança a ter uma boa caligrafia e saber distinguir as cores. Usar a massa de modelar ensina, na prática, conceitos como profundidade e espaço. Como se não bastasse, as artes plásticas ajudam nas noções de geometria, incluindo os traços retos, as curvas e as formas. A arte, de modo geral, favorece o desenvolvimento motor e ajuda a criança na compreensão do mundo que o cerca.

A arte naturalmente faz parte da vida das crianças

Outra boa razão para incluir a arte na vida dos pequenos é o fato dela ser extremamente atrativa e acessível. Ela está disponível, de maneira natural, na vida das crianças, tanto que não é necessário ir para a escola para ter contato com a arte. Ouvir música, assistir a um desenho, sentir o cheiro do bolo exalando na cozinha, brincar no quintal e sentir as texturas dos brinquedos artesanais já são experiências altamente artísticas.

Viu como não faltam bons motivos para incentivar o contato do seu filho com a arte? Você já procura estimular o senso artístico dos seus pequenos? Comente! Até a próxima e continue de olho no nosso blog!

Assinatura Equipe

E-book brincar aprendendo

CLIQUE NA IMAGEM PARA FAZER O DOWNLOAD

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes
Esse conteúdo foi útil?
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Comentários

  1. […] costura, pintura e desenho são uma forma de a criança liberar sua imaginação e, ao mesmo tempo, se expressar por meio da arte. Aqui, vale relembrar a importância de desenvolver a igualdade de gênero: se seu filho se […]

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado.